Notícias

02/10/2018Artrite, sintomas e tratamento

Dr. Antonio Demetrio
Dr. Antonio Demetrio

A Artrite Reumatoide é uma doença inflamatória crônica que pode afetar várias articulações do corpo ao mesmo tempo, como punhos, joelhos, dedos e tornozelo. Em geral, as mulheres são maioria dos casos, o que não significa que os homens estão livre de ter artrite. Reumatologista da Uniorte, Dr. Antônio Demétrio fala sobre essa patologia.

Segundo ele, os principais sintomas da doença são dor, calor, edema e vermelhidão no local. “Além disso, pode haver uma rigidez na articulação inflamada pela manhã e sensação de fadiga no local. Com a progressão da doença, a cartilagem daquela articulação vai sendo destruída e passa a comprometer de forma mais significativa na qualidade de vida do paciente”, descreve.

Por ser uma doença crônica, ela não tem cura, o que não significa que não haja tratamento. “O diagnóstico precoce é o principal aliado para garantir qualidade de vida ao paciente. Quando iniciamos o tratamento logo que a doença aparece, conseguimos um resultado mais satisfatório. O objetivo do tratamento é controlar a doença para prevenir que ela leve à incapacidade funcional e lesão articular. Quando iniciamos precocemente, o paciente pode retomar suas atividades rotineiras mais rápido e com mais efetividade”, resume.

O tratamento é feito com medicamentos prescritos pelo especialista e depende do estágio da doença. “Pode incluir o uso de anti-inflamatórios, corticoides para as fases agudas da doença e drogas modificadoras do curso da doença, a maior parte delas imunossupressoras”, cita. Dr. Antônio Demétrio aponta que  paciente precisará sempre retornar ao especialista para controle da doença. “É uma doença autoimune e por isso não tem cura, mas conseguimos controlar seu avanço e auxiliar o paciente a viver sem dor ou limitação”, conclui.

Convênios