Notícias

28/06/2018Lesões de menisco podem causar dor e bloqueios

 Conhecidos como “amortecedores do joelho”, os meniscos são estruturas de fibrocartilagem no formato semicircular, que quase formam um 8 dentro do joelho. Há o menisco lateral e o menisco medial e ambos podem sofrer lesões. Como são eles os responsáveis por melhorar a distribuição de carga em nosso joelho e também melhorar a lubrificação da articulação, quando estão lesionados podem causar dores e até bloqueios da articulação.

 

“Os meniscos são fundamentais para manter a biomecânica do joelho”, diz o ortopedista Marcus Vinícius Danieli. Segundo ele, há diferentes tratamentos para as lesões, que vão desde uso de medicações e fisioterapia até cirurgia. A melhor indicação vai depender do tipo, local e extensão da lesão.

 

“As lesões podem ser provocadas por trauma ou ser degenerativa. De forma simplificada, podemos dizer que as lesões traumáticas acontecem por movimentos rotacionais bruscos do joelho, que causam entorses, e as lesões degenerativas estão associadas ao desgaste progressivo do menisco”, explica. As traumáticas são mais comuns em jovens, pessoas ativas e esportistas e as degenerativas em geral acometem pessoas com mais de 40 anos.

 

Dores frequentes, inchaço e derrame articular são alguns dos sintomas indicativos de lesão. “A avaliação clínica é fundamental para saber se há alguma lesão, há um conjunto de manobras que mostram se o menisco está comprometido. Exames de imagem, em especial a ressonância magnética, complementam o diagnóstico e auxiliam a tomar a conduta mais adequada para cada caso”, afirma Dr. Marcus Vinícius.

 

Para manter o joelho saudável, o ortopedista recomenda exercícios de fortalecimento muscular seguidos de alongamento. “Os músculos ajudam a manter a estrutura do joelho e também aliviam dores em estágio inicial, onde ainda não há um comprometimento grande do menisco. A fisioterapia é um recurso eficiente no tratamento conservador por fortalecer os músculos essenciais do joelho”, descreve.

 

Quando é preciso intervenção cirúrgica, a cirurgia astroscópica é a recomendada. “As técnicas minimamente invasivas reduzem o tempo de recuperação e o risco de complicações. Em geral, a alta é feita no mesmo dia da cirurgia. Após o procedimento é fundamental seguir as recomendações, como colocar compressas de gelo várias vezes ao dia e fazer a fisioterapia para reabilitação”, pontua.

 

Para ele, lesões de menisco sempre merecem atenção. “O menisco existe para proteger a articulação do joelho, se está lesionado, provoca um progressivo desgaste da cartilagem e ao longo do tempo pode levar à artrose da articulação”, conclui.

Convênios